Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Assim você me mata!

Tem sido um dia do catano! Acordei com uma dor de cabeça brutal, com tal intensidade que nem suportava o toque da almofada na cabeça. Fui obrigada a tomar um comprimido senão já não saia da cama todo o dia.

 

Quando já me conseguia movimentar para fazer qualquer coisinha, guess what? Comecei aos espirros! Já não me bastava uma chatice, tinha que ter duas. Eu até andava a estranhar os atchins andarem muito calminhos. Mas eu nem quis dizer nada, ainda assim não estivessem à escuta ali na esquina e voltassem.

 

A meio da manhã, peguei em mim e arrastei-me até ao computador para terminar um trabalho que tinha de levar para a escola. Escusado será dizer que levei o dobro ou o triplo do tempo nesta tarefa.

 

Quando ia para a escola, a fractura do meu tornozelo começou aos gritos a dizer "hei, estou aqui!!!". Começou a dor-me imenso. Bolas! Não me faltava mais nada... Dizem que não há duas sem três...

 

Assim não dá. Assim você me mata sr. calor! Você é muito agradável mas com suavidade, não é à bruta como está a ser agora...